Ideologia política pode receber diagnóstico psiquiátrico?




Foto: Instituto Central de Investigação de Psiquiatria Forense Serbsky. Moscou.

Está circulando nas redes sociais a opinião de uma médica psiquiatra que afirma ser o 'esquerdismo' um tipo de transtorno mental, embasando suas crenças num pretenso conhecimento científico.

A psiquiatra citada é a norte-americana Lyle H. Rossiter, e a fonte da opinião está no seu livro de 2011, The Liberal Mind: The Psychological Causes of Political Madnes (algo como, A mente liberal, as causas psicológicas da loucura política) .

Mesmo sendo um liberal convicto, discordo enfaticamente desse tipo de classificação. Que ninguém esqueça da antiga União Soviética em que dissidentes políticos eram internados como doentes mentais por se oporem ao regime político de esquerda!

Diagnostico psiquiátrico é para ser utilizado única e exclusivamente como início de um caminho para tratamentos que tem por objetivo minorar o sofrimento humano. Por mais que eu não concorde com a ideologia da assim chamada esquerda, não será carimbando seus seguidores como doentes que chegaremos a mudanças e saídas para problemas sociais. Muito, mas muito mesmo, ao contrário. Afinal, um dos pilares da democracia é a convicção da importância da liberdade de pensamento, especialmente de quem pensa de modo diferente ao nosso.

O que não impede que as pessoas de qualquer ideologia que apregoem violência, ou que se apropriem da Coisa Pública, sejam tratados com todo o rigor que a lei permite.

#fadiga #cansaço #fadigacrônica #cyromasci

1 visualização
Logo.png